VISITAS...ADOOOORO...

►•◄

22 de abr de 2009

Albert Einstein

www.Maynababy.com Gifs Animados
QUEM FOI ALBERT EINSTEIN?? Sua infancia: Albert Einstein nasceu numa sexta-feira, dia 14 de março de 1879, em Ulm,uma próspera cidade ao sul da Alemanha. Ele foi o primeiro e único filho homem de Hermman Einstein e Pauline Koch. Já nos primeiros anos de sua vida, Einstein provocava comentários. Sua mãe estava convencida de que o formato de sua cabeça era fora do comum e temia que tivesse algum problema mental, porque era muito lento para aprender a falar. Passou sua juventude em Munique, onde sua família possuía uma pequena oficina destinada à construção de máquinas elétricas. Einstein não falou até os 3 anos de idade, mas desde jovem mostrou uma curiosidade brilhante sobre a Natureza, e uma habilidade para compreender conceitos matemáticos avançados. Aos seis anos de idade. Incentivado pela mãe, o que depois foi consolidado com lições de Heller Shimidt dos seis aos treze anos o violino viria a tornar-se um instrumento fundamental ao longo de toda sua vida quando pretendia refletir sobre suas teorias. Ele também gostava de compor ao piano hinos religiosos. Ele aprendeu a tocar sozinho, ouvindo a talentosa pianista que era a sua mãe e, em casa, recebia aulas de religião judaica. Com 12 anos de idade, aprendeu por conta própria a Geometria Euclidiana. Albert cresceu forte e saudável, embora não gostasse de praticar esportes organizados. Era um garoto quieto e particularmente solitário, que preferia ler e ouvir música. Não gostava do regime monótono e do espírito sem imaginação da escola em Munique. Se considerasse os conselhos de um de seus professores teria abandonado a escola. Quando sua família mudou-se para Milão, na Itália, Einstein tinha 15 anos. Nesta ocasião passou 1 ano com sua família em Milão. Terminou a escola secundária em Arrau, Suíça, e com boas notas somente em Matemática, entrou, em 1896, no Instituto Politécnico de Zurique, onde se graduou em 1901 com dificuldades. Einstein não gostava dos métodos de instrução lá. Freqüentemente não assistia às aulas, usando o tempo para estudar Física ou tocar seu adorado violino. Passou nos exames e graduou-se em 1900. Seus professores não o tinham como grande aluno e não o recomendariam para uma posição na Universidade. Por dois anos Einstein trabalhou como tutor e professor substituto. Em 1902, assegurou uma posição como examinador no Escritório de Patentes da Suíça em Bern. Em 1903, casou-se com Mileva Maric, que havia sido sua colega na Escola Politécnica. Casou-se: Em 1901, casou-se com Mileva Maric, que havia sido sua colega na Escola Politécnica. Com Mileva Einstein teve uma filha em torno de janeiro de 1903 chamada Lieserl, e que ninguém nunca soube de nada e até hoje não se sabe nada sobre ela, suspeita-se que nem mesmo o próprio Einstein tenha chegado a ver sua filha, pois na época em que ela nasceu ele estava a busca de seu primeiro emprego, quando cita em cartas á sua esposa que irá fazer de tudo para dar uma vida confortável a sua esposa e sua filha. Em uma seguinte carta Einstein diz em forma de consolo a Mileva que ele lhe dará uma OUTRA Lieserl. Após casados, Einstein teve outro filho com Mileva, chamado Hans Albert. No dia 28 de julho de 1909 nasce o segundo filho de Einstein com Mileva, chamado Eduard. A partir de aproximadamente 1911 a relação entre o casal já não era das melhores; Mileva se tornava negligente, mancava demais (devido a uma doença de nascença); certa vez ela escreveu uma carta a uma amiga, onde dizia que Einstein vivia apenas para a sua ciência e dava pouca atenção a família. Em 1914, Mileva e os dois filhos deixaram Einstein em Berlim e foram para Zurique, onde ela passou o resto de sua vida. Eduard ia revelando que possuía uma grave doença mental. Ele tinha um enorme talento musical e para compor poesias e prosa, ia devorando os livros que encontrava, mas as manifestações dos distúrbios tornaram-se cada vez mais evidentes pouco depois que ele terminou o colégio. Ele cobriu as paredes do quarto com fotos de mulheres nuas,. Tinha ataques de fúria tão violentos, que teve de ser levado ao Burghölzli, um hospital psiquiátrico perto de Zurique. Quando, mais tarde, entrou na faculdade, era acompanhado por um enfermeiro disfarçadamente. Albert Einstein morreu em 18 de abril de 1955, aos 76 anos, no Hospital de Princeton, vítima de um aneurisma da aorta abdominal, morte de Einstein foi anunciada em 1955, a notícia apareceu nas primeiras páginas dos jornais de todo o mundo: "Morreu um dos maiores homens do século 20". Varias são as lendas sobre sua vida e personalidade, mas a grande maioria não passa de simples “folclore“, como por exemplo, o fato de que Einstein não conseguiu passar em matemática quando ainda era jovem; ou então que não era capaz de lembrar o endereço de sua casa ou de contar o troco correto da passagem de ônibus. O cientista: Em 1922, recebeu o Prêmio Nobel de Física, por seu trabalho publicado em 1905 sobre os efeitos fotoelétricos. Em 1916, Einstein apresentou sua teoria geral da relatividade, na qual incluiu outras idéias, como o movimento dos corpos sob a influência da gravidade. Autor da Lei da Relatividade, maior cientista do século XX e eleito pela revista Time como o homem do século, Einstein revolucionou nossa visão do Universo. Grande cientista e humanista, Albert Einstein ganhou o Prêmio Nobel de Física de 1922 e foi considerada uma das maiores personalidades de toda a história. Teoria da Relatividade A Teoria da Relatividade revolucionou a visão que se tinha do mundo. Em todos os modelos precedentes do universo, o espaço e o tempo eram vistos como dimensões certas e imutáveis da realidade. Do mesmo modo, a duração dos eventos e as medidas dos objetos eram vistas como qualidades totalmente independentes. A teoria da relatividade veio a modificar tais conceitos... O que é Relatividade?‼? “Ponha sua mão num forno quente por um minuto e isto lhe parecerá uma hora. Sente-se ao lado de uma bela moça por uma hora e lhe parecerá um minuto. Isto é relatividade”. Sobre a Educação e a Liberdade de Expressão A escola foi sempre o meio mais importante para transmitir riquezas é a tradição de uma geração a outra. Hoje em dia isto é mais verdade ainda do que nos tempos passados, pois em razão do progresso econômico a família responsável pela tradição e pela educação, enfraqueceu bastante. Então a continuação e a saúde da sociedade dependem hoje da escola de uma forma muito mais intensa do que no passado. As vezes consideramos simplesmente como um instrumento para transmitir a geração que cresce com o máximo de conhecimento. Não é justo, o conhecimento é algo grandioso. O objetivo da escola deve ser a educação de indivíduos que agem e pensam de uma forma independente e que no mínimo vêem no serviço prestado a comunidade. "A escola deve ensinar de uma forma direta. A escola deve sempre procurar que o adolescente se transforme numa personagem harmoniosa e não em um especialista. O desenvolvimento da capacidade de pensar e de julgar de uma forma independente, fará seguramente o seu caminho e será , entre outras coisas , mais capaz de se adaptar ao progresso e às mudanças que aquele cuja educação consiste em adquirir um conhecimento detalhado" ---------------------------------------------------------------------Albert Einstein----

21 de abr de 2009

MAQUETE DA MINHA SALA DE AULA

Mais um trabalho escolar...Puxa mas deu o maior trabalho, minha mãe ajudou um pouquinho,deu algumas ideias mas eu que fiz. Tentei ser fiel aos detalhes da sala de aula... www.Maynababy.com Gifs Animados

5 de abr de 2009

Formigas: Comportamento e Curiosidades

Minha professora pediu uma pesquisa sobre animais,mas tinha que ser de animais que pudessemos observar. Ela propos que escolhessemos, eu escolhi as FORMIGAS. A pesquisa de observação e registro então todo dia eu observava um pouco, e nem precisava de procurar muito porque aqui em casa tem muitas formiguinhas. Mas eu fiquei curiosa pra saber mais sobre esses seres tão pequeninos e que incomodam tanto. Fonte: Aprenda Biologia com Djalminha: Formigas: São insetos sociais. Comportamento das formigas: Um formigueiro se inicia quando uma formiga-Rainha recentemente fertilizada abre um buraco no solo, fecha-se lá dentro e permanece ali como prisioneira voluntária. Os ovos crescem em seu corpo por semanas, até meses. Quando os primeiros ovos são colocados e emergem as larvas, a Rainha alimenta-as com sua saliva até alcançarem o estágio de pupas. As primeiras formigas operárias nascem 6 a 8 semanas, após a ovoposição. Sendo tão pobremente alimentadas, são anormalmente pequenas. Porém crescem em importância para o formigueiro por que são as primeiras a saírem para buscar alimento para si, para as que estão nascendo e para a Rainha. Uma importante tarefa, sem dúvida, já que a Rainha permanece ovopositando por toda sua vida.Algumas espécies podem construir formigueiros para 300.000 indivíduos ou mais. Isto não é um fato raro pois estas colônias certamente terão várias Rainhas, e muito bem escondidas para realizar a função de procriar seus exércitos. Dentre as espécies, várias podem viver dentro de casas, aninhando-se entre paredes, em áreas do subsolo, nos sótãos ou por entre quaisquer fendas. São encontradas até em hospitais, onde foram constatados casos de infestação na rouparia e transmissão dos germes pelo contato aos pacientes. Muitas vezes seu tamanho é diminuto, mas não afeta sua capacidade reprodutiva.Formigas As formigas são agentes importantes na decomposição de substâncias orgânicas, acelerando este processo benéfico à reciclagem de nutrientes do solo. Diversas espécies são predadoras muito úteis a agricultura, utilizando como fonte de alimento as pragas agrícolas. Certas espécies podem afetar negativamente o homem, infestando casas e apartamentos, causando danos às estruturas, por causa de suas atividades na construção de ninhos. Elas alteram a aparência de gramados, campos de futebol e parques com suas numerosas colônias, alimentam-se de sementes germinadas ou não e desfolham plantas. São um perigo à saúde pública quando ocorrem em hospitais, entrando em contato com material infectado e posteriormente com pacientes, alimentos, medicamentos, aparelhos, utensílios, salas de UTI, disseminando os microorganismos patogênicos. Biologia das Formigas Embora não sejam parentes próximos, as formigas e os cupins são ambos animais sociais. Isso significa que há uma divisão de trabalho entre os diferentes tipos de indivíduos que compõem a colônia. Outro bom exemplo de animais sociais são as abelhas. As colônias de formigas incluem um grande numero de "obreiras", uma ou duas fêmeas reprodutoras ("rainhas"), muitos ovos, muitas larvas e muitas pupas. Algumas espécies de formigas preferem fazer seus ninhos no solo, outras optam pelo oco das arvores, muros de cercas, troncos caídos ou então dentro das casas. As formigas não são capazes de digerir a celulose e portanto, não comem madeira como os cupins; na verdade, as formigas alimentam-se de uma grande variedade de alimentos num complexo sistema de passagens entre os membros da colônia. Os adultos não conseguem ingerir alimentos sólidos, só líquidos sugados do material alimentar, embora carreguem para o formigueiro até grandes pedaços de alimento, com ou sem a ajuda de outras obreiras. Na maioria das espécies de formigas, o alimento recolhido serve apenas de substrato para o crescimento de um mofo (fungo), especial, o qual, após colhido, representa o verdadeiro alimento para a formiga. As larvas iniciais também só ingerem alimentos líquidos; em algumas espécies, as últimas fases larvais podem alimentar-se de partículas sólidas. As obreiras forrageiras, aquelas encarregadas de buscar o alimento fora do formigueiro, trazem também a água para o resto da colônia e passam-na para as obreiras encarregadas do serviço interno, num processo boca-a-boca chamado "trofalaxe". Essas obreiras internas passam então o alimento e a água para as larvas e à rainha. Em alguns casos, as obreiras estimulam as larvas capazes de ingerir alimentos sólidos para que regurgitem alimentos já liquefeitos e este e então utilizado pela colônia. Como se percebe, o sistema de alimentação de uma colônia de formigas é bastante complexo e interativo, visivelmente direcionado para as larvas e para as reprodutoras, razão do sucesso das iscas formicidas e dos inseticidas microencapsulados. Açucares, néctar de flores, secreções de pulgões, insetos mortos, minhocas, fungos, etc., compõem o substrato alimentar das formigas que se localizam a céu aberto. No interior das residências, optam pela busca de grãos de açúcar, migalhas de pão e de bolachas, insetos mortos, pedaços de frutas, etc. Os formigueiros tem distintamente três classes de adultos (castas). As obreiras são fêmeas estéreis e podem variar de tamanho e função; são encarregadas de buscar água e alimentos, cuidam da manutenção do formigueiro, fazem reparos, constroem, defendem cuidam das larvas, dos ovos, e das pupas, manejam a rainha. As rainhas geralmente são as maiores formigas de todas e são encarregadas exclusivamente da reprodução, ou seja, fabricam ovos; por isso são alimentadas na boca, limpadas freqüentemente, mudadas de posição e outras "mordomias" mais. Os machos não fazem nada; sua única função e a de inseminar a rainha durante o vôo nupcial e morrem alguns dias depois. Ao estabelecerem colônias em todos os tipos de solo, as formigas planejam a vida de uma população jamais alcançada em número de indivíduos, por qualquer outro tipo de inseto na Terra. E o que é mais impressionante, decorrem do fato das formigas serem a espécie de insetos com maior longevidade. Excetuando-se os machos, que morrem após se acasalarem. As formigas-operárias podem permanecer em seu trabalho por mais de 7 anos. Algumas formigas rainhas excedem 15 anos de idade. Dentre estas, encontram-se indivíduos que ovopositam dezenas de milhares de ovos durante um período de vida. Normalmente levam-se alguns anos até se estabelecerem. Mas uma vez consolidados, podem sobreviver por 30, 40 anos ou mais. Basta substituir a formiga-Rainha original por uma nova, que o formigueiro se renova. Mesmo quando seu espaço é danificado, formigas adultas levam ovos, larvas e pupas para áreas mais seguras dentro da colônia e tornam a viver sem distúrbios. Comportamento das formigas Comunicação: As formigas se comunicam por uma química chamada feromas, esses sinais de mensagens são mais desenvolvidos na espécie das formigas que em outros grupos de himenópteros. Como as formigas passam a vida em contato com o solo, elas deixam uma trilha de feromônio que pode ser seguida por outras formigas. Quando uma obreira encontra comida ela deixa um rastro no caminho de volta para a colônia, e esse é seguido por outras formigas que reforçam o rastro quando elas voltam à colônia. Quando a comida acaba, as trilhas não são remarcadas pelas formigas que voltam e o cheiro se dissipa. Esse comportamento ajuda as formigas a se adaptarem às mudanças em seu meio. Quando um caminho estabelecido para uma fonte de comida é bloqueado por um novo obstáculo, as obreiras o deixam para explorar novas rotas. Se bem sucedida, a formiga retorna e marca um novo rastro para a rota mais curta. Trilhas bem sucedidas, são seguidas por mais formigas, e cada uma o reforça com mais feromônio (as formigas seguirão a rota mais fortemente marcada). A casa é sempre localizada por pontos de referência deixados na área e pela posição do sol; os olhos compostos das formigas têm células especializadas que detectam luz polarizada, usados para determinar direção. As formigas usam feromônio para outros propósitos também. Uma formiga esmagada emitirá um alarme de feromônio, o qual em alta concentração leva as formigas mais próximas a um furor de ataque; e em baixa concentração, as atrai. Para confundir inimigos, várias espécies de formigas também usam feromônios, que os fazem lutar entre eles mesmos Como outros insetos, as formigas sentem o cheiro com longas e finas antenas. As antenas têm como cotovelos ligados ao primeiro segmento alongado; e visto que vêm em pares-como visão binocular ou equipamento de som estereofônico elas obtêm informações sobre direção e intensidade. Quando duas formigas se encontram, tocam as antenas e as feromonas que estiverem presentes fornecem informação sobre o estado de alimentação de cada uma, o que pode levar à trofalaxia, ou seja, uma delas regurgita a comida para a outra. A rainha produz uma feromona especial que indica às obreiras quando devem começar a criar novas rainhas. As formigas atacam e defendem-se mordendo ou picando, por vezes infectando compostos químicos no animal atacado, em especial, o ácido fórmico. Curiosidades: Picadas/mordidas de formigas As formigas são capazes de dar mordidas e picadas poderosas, como já vimos neste post elas são capazes de uma força imensa, vamos ver então do que são capazes as formigas em termos de agressividade contra humanos e não só. Algumas espécies possuem um ferrão abdominal com veneno que pode provocar: anafilaxia, necrose e infecção secundária. Existe também a formiga tocandira que é capaz de atingir o comprimento de 3cm e possui uma picada extremamente dolorosa e que pode provocar edemaeritema no local. e Outra espécie nada amigável são as formigas-de-fogo e suas familiares (Myrmicinae), que são extremamente agressivas e atacam em grandes números. A sua mordida é extremamente dolorosa, juntando a isso o facto de que elas são capazes de ferroar 10-15 vezes cada uma, ferroando num local e ao redor dele, provocando assim uma pequena lesão dupla no centro de várias lesões pustulosas. OBS: Publico em outro momento meus registros sobre as formigas. Entreguei para minha prô...°○° ßeijinhos...